DETECÇÃO PRECOCE PARA O CÂNCER DE PULMÃO

Sinônimos

Exame Preventivo de Câncer de Pulmão

O que é detecção precoce ou screening de um tipo de câncer?

Detecção precoce ou screening para um tipo de câncer é o processo de procurar um determinado tipo de câncer na sua fase inicial, antes mesmo que ele cause algum tipo de sintoma. Em alguns tipos de câncer, o médico pode avaliar qual grupo de pessoas corre mais risco de desenvolver um tipo específico de câncer por causa de sua história familiar, por causa das doenças que já teve ou por causa dos hábitos que tem, como fumar, consumir bebidas de álcool ou comer dieta rica em gorduras.

A isso se chama fatores de risco e as pessoas que têm esses fatores pertencem a um grupo de risco. Para essas pessoas, o médico pode indicar um determinado teste ou exame para detecção precoce daquele câncer e com que freqüência esse teste ou exame deve ser feito. Para a maioria dos cânceres, quanto mais cedo (quanto mais precoce) se diagnostica o câncer, mais chance essa doença tem de ser combatida.

Qual é o teste que diagnostica precocemente o câncer de pulmão?

O pulmão faz parte do sistema respiratório junto com as vias aéreas superiores (nariz, boca e orofaringe) e a traquéia. Ele ocupa a maior parte do tórax e é divido em duas partes (direito e esquerdo) e subdivide-se como se fosse galhos de uma árvore ("a árvore brônquica") em várias partes cada vez menores, até chegar aos alvéolos, que são pequenos saquinhos que, assim como todo o sistema respiratório, são recobertos por vários tipos diferentes de células. Nesses saquinhos acontece a troca de oxigênio (que está no ar) do pulmão para a corrente sangüínea, pelo gás carbônico produzido pelas células do corpo humano. Junto com o oxigênio, muitas outras substâncias são inaladas junto com o ar que é respirado e que podem prejudicar todas as células a elas expostas.

Substâncias tóxicas que entrem repetidas vezes em contato com as células que recobrem o pulmão por dentro podem danificar essas células progressivamente até que sofram alterações que podem se transformar num câncer.

Existe um determinado período de exposição da substância tóxica às células do sistema respiratório, antes que haja essa transformação e existem várias fases de alterações do conjunto de células antes que o câncer apareça. Por isso, exames que revelem essas alterações, ajudam na detecção precoce do câncer de pulmão.

Os exames que podem fazer isso são os de imagem do pulmão, como o raios X de tórax e a Tomografia Computadorizada do Pulmão. Outro exame que pode detectar células alteradas na árvore brônquica é o exame das células que vem junto com o escarro.

Como o médico faz esse exame?

No raio-X de tórax a pessoa vai a um serviço de radiologia e duas ou mais incidências (chapas) são tiradas para ver o pulmão e as outras partes do sistema respiratório por dentro. Um médico especialista compara com exames anteriores ou com exames normais e descreve se há alguma alteração sugestiva de câncer. Para que um tumor seja visto num Raio X, ele deve ter aproximadamente 1 cm³ (como se fosse um quadradinho de 1cm de largura por 1cm de altura por 1cm de profundidade), o que para um tumor pode já ser muito grande.

Um outro exame que pode ver o pulmão por dentro em mais detalhes, inclusive lesões menores das que o Raio X consegue detectar, é a tomografia computadorizada. Esse exame é uma forma de Raio X, mas faz imagens de todo o tórax como se fossem finas fatias transversais ao comprimento do corpo. Assim o médico radiologista consegue ver em mais detalhe as partes do pulmão

O exame de escarro é o exame em que o paciente escarra num pote e um patologista examina num microscópio todas as células presentes no escarro para detectar alguma alteração sugestiva de malignização.

Apesar de parecer bastante possível de que esses exames, juntos ou separado, fossem capazes de detectar precocemente um tumor de pulmão que, se tratado efetivamente diminuísse a mortalidade por esse tipo de tumor, nenhum estudo até hoje conseguiu provar que isso é verdade. Muitos estudos continuam sendo feitos para se encontrar um ou mais exames para diminuir a mortalidade desse tipo de tumor através da detecção precoce. Principalmente porque esse é um tipo comum de tumor e a causa principal desse tipo de câncer, o fumo, também é muito comum.

Quais os fatores de risco mais comuns associados ao câncer de pulmão?
 

Fumo:

O fator de risco mais importante para câncer de pulmão é o fumo, bem como para vários outros tipos de câncer. A maioria das pessoas (9 entre cada 10 homens, por exemplo) que tem câncer de pulmão, fumam ou foram fumantes de cigarro ou assemelhados. Isso inclui a pessoa que é exposta à fumaça do cigarro dos outros, o dito fumante passivo.

Outras substâncias:

Exposição ocupacional ao asbesto (amianto) ou a alguns tipos de radiação, como as do produto da degradação da substância Rádio.

No caso de câncer de pulmão, tendo uma causa tão importante e definida como o uso do cigarro, a melhor atitude é prevenir, não fumando.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Meu marido sempre fumou em casa, inclusive no nosso quarto. Eu devo fazer algum exame especial por causa disso?

Eu tive tuberculose quando era jovem. Agora dizem que eu tenho uma "mancha" no pulmão. Isso pode "virar" câncer?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

CÂNCER DE PULMÃO  A mortalidade por esse tumor é muito elevada e o prognóstico dessa doença está relacionado à fase em que é diagnosticada

CÂNCER DE PULMÃO - PREVENÇÃO  Evitar que as pessoas iniciem a prática de fumar e ajudar os fumantes a parar de fumar é a mais importante ação preventiva a ser desenvolvida.

TUBERCULOSE PULMONAR  É uma infecção causada por um microorganismo chamado Mycobacterium tuberculosis, também conhecido por bacilo de Koch.

EDEMA AGUDO DE PULMÃO  É uma grave situação clinica, de muito sofrimento, com sensação de morte iminente e que exige atendimento médico urgente.

PNEUMOTÓRAX  É o acúmulo anormal de ar entre o pulmão e uma membrana (pleura) que reveste internamente a parede do tórax. Este espaço, que normalmente é virtual, se chama espaço pleural.

DOR PULMONAR AGUDA  É a dor que acomete o tórax, tendo sua origem no trato respiratório e que pode atingir a parte anterior (da frente) e/ou posterior (de trás) do tórax. Além disso, pode aparecer em um ou ambos lados do tórax.

EMBOLIA PULMONAR  A embolia pulmonar ocorre quando um coágulo ( trombo ), que está fixo numa veia do corpo, se desprende e vai pela circulação até o pulmão, onde fica obstruindo a passagem de sangue por uma artéria.

ATELECTASIA PULMONAR  É o colapso de parte ou de todo pulmão. Ou seja, o pulmão "murcha" numa parte ou na sua totalidade por um bloqueio na passagem do ar pelos brônquios de maior ou menor calibre (brônquio ou bronquíolo, respectivamente).

EDEMA PULMONAR  É o acúmulo anormal de líquido nos tecidos dos pulmões. Está entre as mais freqüentes emergências médicas e significa, muitas vezes, uma situação ameaçadora da vida quando ocorre abruptamente.

PNEUMONIA  É uma infecção ou inflamação nos pulmões. Ela pode ser causada por vários microorganismos diferentes, incluindo vírus, bactérias, parasitas ou fungos.

Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement






Autor

Título: CÂNCER DE PULMÃO - DETECÇÃO PRECOCE

Link :
Data de Publicação :01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 24/04/2014
Palavras-Chave : CÂNCER DE PULMÃO - DETECÇÃO PRECOCE - Cancerologia - Diagnóstico Precoce de Câncer de Pulmão , Screening de Pulmão , Prevenção de Câncer de Pulmão





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques