PEDICULOSE

Sinônimos e Nomes Populares:

Pediculose capitis, piolho da cabeça, piolheira.

O que é piolho?

O piolho da cabeça (Pediculis capitis) é um inseto pequeno, cerca de 2,5 mm de comprimento, marrom-acinzentado e que vive do sangue que suga do couro cabeludo do homem parasitado.

Com o acasalamento, a fêmea põe ovos férteis (lêndeas) fortemente aderidos aos cabelos. Após uma semana, os ovos começam a descascar, ficando apenas a casca do ovo, isto é, uma lêndea branca lustrosa e vazia.

É importante lembrar do ciclo de eclosão dos ovos na ocasião do tratamento.

Como se pega piolho?

O piolho passa diretamente de cabeça a cabeça em contato direto.

Acredita-se que o piolho é incapaz de se transferir de um travesseiro ou um chapéu ou uma toalha para uma cabeça.

Quais são os sintomas?

As queixas preponderantes são coceira intensa e irritação da pele da cabeça, podendo surgir também erupção ao nível da nuca acompanhada de aumento dos gânglios linfáticos (ínguas).

Esses sinais surgem cerca de dois meses após a "invasão" dos piolhos.

Como se faz o diagnóstico?

Identificando os piolhos ou as lêndeas. Entre as formas de "caçar" o piolho está a de pentear o cabelo com "pente fino", tendo antes molhado o cabelo com água direto da torneira ou água morna com um pouco de vinagre ou limão em uma essência oleosa. Penteia-se o cabelo da pele para as pontas tentando fazer cair a lêndea ou o piolho sobre um pano ou papel colorido para visualização mais fácil.

Outra forma clássica é catar o cabelo tentando encontrar os insetos ou seus ovos sendo que lêndeas afastadas mais de 2 cm da pele indicam mais de 2 meses de postura (o cabelo cresce cerca de 1 cm por mês).

Tratamento

Existem vários inseticidas que podem ser usados e mais recentemente medicamentos via oral de boa eficiência.

É bom lembrar que uma resposta insuficiente ao tratamento pode ser devida à má técnica empregada ou à falta de repetição do medicamento em tempo hábil. Existem, entretanto, evidências de surgimento de resistência dos piolhos aos inseticidas.

Profilaxia

Embora a infestação por piolho seja associada à falta de higiene, não existe qualquer evidência de que isto seja verdade. O piolho ataca tanto cabeças limpas como pouco limpas e existem indícios que algumas pessoas têm tendência maior à infestação. Nestes casos o uso freqüente de escovação e pente fino pode ser de valia.





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

ALOPECIA - QUEDA DE CABELO  A perda de cabelos pode ter sérias conseqüências emocionais, tanto para homens como para mulheres.

CASPA (Seborréia)  É uma doença que acomete 2 a 5% da população, sendo mais freqüente no sexo masculino, com início gradual das lesões.

ASCARIDÍASE  É a verminose intestinal humana mais disseminada no mundo. A contaminação acontece ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas.

VERMINOSES  Infecções intestinais causadas por uma variedade de agentes muito comuns em pessoas de baixa renda sem acesso a redes de esgoto e água tratada.

ESQUISTOSSOMOSE  Infecção causada por verme parasita da classe Trematoda. Ocorre em diversas partes do mundo de forma não controlada (endêmica). Nestes locais o número de pessoas com esta parasitose se mantém mais ou menos constante.

DOENÇA DE CHAGAS  É uma doença infecciosa causada por um protozoário parasita chamado Trypanosoma cruzi, nome dado por seu descobridor, o cientista brasileiro Carlos Chagas, em homenagem a outro cientista, também, brasileiro, Oswaldo Cruz.

AMEBÍASE  É uma infecção por parasita ou protozoário que acomete o homem podendo ficar restrita ao intestino, tendo como principal sintoma a diarréia, ou não causando febre e sintomas diferentes dependendo do órgão “invadido”.

GIARDÍASE  Infecção intestinal causada por um protozoário (ser unicelular) flagelado limitada ao intestino delgado e ao trato biliar.

DOENÇA DO PEIXE CRU - difilobotríase  Difilobotríase é uma infecção causada por um parasita de peixes, também conhecido como tênia dos peixes.

FEBRE MACULOSA OU FEBRE DO CARRAPATO  É uma infecção aguda causada por uma bactéria, a Rickettsia rickettsii. O homem é infectado através da picada do carrapato que eventualmente carrega esta bactéria nas suas glândulas salivares.

Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement






Autor

Título: PEDICULOSE (Piolho)

Link :
Data de Publicação :01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 20/04/2014
Palavras-Chave : PEDICULOSE (Piolho) - Pediatria - Piolho , Piolheira , Coceira na Cabeça





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques