DETECÇÃO PRECOCE DO CÂNCER DE BEXIGA

Sinônimo

Exame Preventivo do Câncer de Bexiga

O que é detecção precoce ou screening de um tipo de câncer?

Detecção precoce ou "screening" para um tipo de câncer é o processo de procurar um determinado tipo de câncer na sua fase inicial, mesmo antes que ele cause algum tipo de sintoma. Em alguns tipos de câncer, o médico pode avaliar que um grupo de pessoas corre mais risco de desenvolver um tipo específico de câncer por causa de sua história familiar, por causa das doenças que já teve ou por causa dos hábitos que tem, como fumar, consumir bebidas de álcool ou comer dieta rica em gorduras.

A isso se chama fatores de risco e as pessoas que têm esses fatores pertencem a um grupo de risco. Para estas pessoas, o médico pode indicar um determinado teste ou exame para detecção precoce daquele câncer e com que freqüência este teste ou exame deve ser feito. Para a maioria dos cânceres, quanto mais cedo (quanto mais precoce) se diagnostica o câncer mais chance essa doença tem de ser combatida.

Qual é o teste que diagnostica precocemente o câncer de bexiga?

A bexiga é um órgão na parte baixa do abdômen, um pouco acima e atrás do osso do púbis. Ela armazena a urina que os rins produzem após filtrarem o sangue do corpo, retirando as substâncias desnecessárias para o funcionamento do corpo. A urina vai dos rins até a bexiga através de dois pequenos tubos (um para cada rim) chamados ureteres. A bexiga "guarda" a urina até estar suficientemente cheia para a pessoa sentir vontade de urinar e esvaziá-la, através da uretra. A bexiga é feita de uma camada muscular que estica e encolhe dependendo do volume de urina que ela "guarda".

Todo o tecido que recobre os ureteres, a bexiga e a uretra, pode sofrer uma transformação maligna e transformar-se em câncer. O câncer na bexiga é o tipo mais comum desses três locais.

Cistoscopia é o exame que olha a uretra, a bexiga e o início dos ureteres por dentro.

Como o médico faz este exame?

Durante a cistoscopia, um pequeno instrumento com uma luz na ponta, o cistoscópio, é introduzido pela uretra e procura lesões com aspecto anormal neste tecido. Se algum local tiver uma aparência suspeita de estar acometido de alguma transformação, o cistoscópio pode coletar uma pequena amostra do tecido, que é retirado e examinado num microscópio.

A esse exame chama-se biópsia e exame patológico da bexiga. Esse exame é muito útil para examinar pessoas que já tiveram câncer de bexiga. Ele não serve para ser feito em pessoas que não têm uma história sugestiva de câncer de bexiga ou de pessoas que estejam sem sintomas. Ou seja, esse exame não foi comprovado ser útil como um exame de detecção precoce para a população em geral.

Pesquisa de sangue na urina (hematúria) também não foi comprovado ser útil como exame de detecção precoce desse tipo de câncer.

Vários estudos estão sendo realizados para se desenvolver um exame de detecção precoce de câncer de bexiga em pessoas da população em geral sem sintomas. Informe-se com o seu médico se você tem indicação de fazer algum exame em especial, se você pertence a algum grupo de risco para esse tipo de câncer ou se novos métodos de detecção precoce já foram desenvolvidos.

Quais os fatores de risco mais comuns para câncer de bexiga?
 

Idade:

A maioria das pessoas que desenvolve esse tipo de câncer faz o diagnóstico dessa doença após os 60 anos de idade.

Raça:

O câncer de bexiga é mais comum em pessoas brancas do que em pessoas de outra cor, porém as pessoas negras que desenvolvem câncer de bexiga morrem mais por causa da doença do que os brancos.

Sexo:

O câncer de bexiga é mais comum em homens do que mulheres, porém as mulheres que desenvolvem câncer de bexiga morrem mais por causa da doença do que os homens.

Fumo:

Pessoas que são ou foram fumantes têm mais chance de desenvolver este tipo de câncer do que as pessoas que jamais fumaram. O risco de desenvolver este tipo de câncer diminui progressivamente depois que a pessoa pára de fumar, porém o risco entre os ex-fumantes permanece mais alto do que para os que nunca fumaram, mesmo passados mais de 10 anos que a pessoa deixou de fumar.

Substâncias químicas:

O câncer de bexiga está associado ao contato com inúmeras substâncias químicas e pessoas que trabalham com substâncias como tintas e corantes, borracha e carvão, podem ter este risco aumentado. Logo, trabalhadores da indústria do papel, couro, cordas ou roupas podem ter maior risco para este tipo de câncer.

Pessoas que trabalham com lavagem de roupas a seco também podem ter mais risco de desenvolver um tumor na bexiga. Pessoas que receberam quimioterapia (tratamento para alguns tipos de câncer) com ciclofosfamida podem ter seu risco aumentado para câncer de bexiga assim como quem recebeu radioterapia (tratamento para câncer com radioatividade) diretamente sobre a pelve (baixo-ventre).

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Eu tive doença sexualmente transmissível. Isto é fator de risco para câncer de bexiga?

Eu fumo mais de uma carteira de cigarros por dia. Eu deveria fazer algum exame em especial?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Cistite  É o nome que se dá para doenças inflamatórias e/ou infecciosas da bexiga. As cistites mais freqüentes são causadas por germes oriundos do nosso trato intestinal. Uma delas é a bactéria conhecida por Escherichia coli.

Prostatite  A prostatite cronica é uma afecção que acomete de 10% a 14% dos homens de todas as idades e raças.

Tumor de Bexiga  Também chamado de carcinoma transicional de bexiga, constitui 6,2% de todos os tumores os tumores malignos

Tumor de Testículo  Sua maior incidência se encontra nos adultos jovens dos 15 aos 35 anos, que é a fase da maior atividade sexual e início da vida profissional.

Câncer de Próstata - Prevenção  A próstata é uma glândula masculina que se localiza entre a bexiga e o reto. Essa glândula participa da produção do sêmen, líquido que carrega os espermatozóides produzidos no testículo. Ela envolve a uretra e seu tamanho normal é de uma azeitona. A próstata, como todo o aparelho sexual masculino, tem o seu funcionamento regulado pelos níveis de testosterona circulantes, o hormônio masculino.

Câncer de Próstata - Detecção Precoce  Fatores de risco mais comuns associados ao câncer de próstata

Câncer de Testículo - Detecção Precoce  Fatores de risco mais comuns para o câncer de testículo

Sexo e Câncer  O surgimento de algum tipo de câncer na vida de uma pessoa é muito traumático, dadas as conseqüências físicas e emocionais desse tipo de doença e as limitações da medicina nesse campo ainda muito desconhecido.

Infecção do Trato Urinário Feminino  Estima-se que 25 a 30 % das mulheres adultas terão pelo menos um episódio de infecção urinária durante a sua vida.

Incontinência Urinária Feminina  A incidência de incontinência urinária na mulher aumenta com a idade, atingindo 25% após a menopausa.

Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement








Autor

Título: Câncer de Bexiga - Detecção Precoce

Link :
Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 24/07/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 113
Palavras-Chave : Câncer de Bexiga - Detecção Precoce - Cancerologia - Diagnóstico Precoce de Câncer de Bexiga , screening , rins, urina, ureteres, uretra , cistoscopia , fumo, substâncias químicas .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques