DETECÇÃO PRECOCE PARA O CÂNCER GÁSTRICO

Sinônimos

Exame Preventivo de Câncer de Estômago, Câncer Gástrico

O que é detecção precoce ou screening de um tipo de câncer?

Detecção precoce ou screening para um tipo de câncer é o processo de procurar um determinado tipo de câncer na sua fase inicial, antes mesmo que ele cause algum tipo de sintoma. Em alguns tipos de câncer, o médico pode avaliar qual grupo de pessoas corre mais risco de desenvolver um tipo específico de câncer por causa de sua história familiar, por causa das doenças que já teve ou por causa dos hábitos que tem, como fumar, consumir bebidas de álcool ou comer dieta rica em gorduras.

A isso se chama fatores de risco e as pessoas que têm esses fatores pertencem a um grupo de risco. Para essas pessoas, o médico pode indicar um determinado teste ou exame para detecção precoce daquele câncer e com que freqüência esse teste ou exame deve ser feito. Para a maioria dos cânceres, quanto mais cedo (quanto mais precoce) se diagnostica o câncer, mais chance essa doença tem de ser combatida.

Qual é o teste que diagnostica precocemente o câncer gástrico?

O estômago é o órgão que fica na porção superior do abdômen, logo abaixo do pulmão, localizado entre o esôfago e o intestino. Com o seu formato de bolsa, ele tem a função de expor os alimentos ingeridos a substâncias que os tornam digeríveis, como o ácido clorídrico, para serem aproveitados pelo resto do corpo como fonte de energia e de outros fatores constitutivos, como as fibras e vitaminas. Por ser exposto a uma série de agressores através desta ingesta, a mucosa que recobre o estômago é alvo de vários agentes químicos ou infecciosos. Quando repetida por vários anos, esta agressão pode gerar uma transformação nas células do estômago, que pode inclusive progredir para uma transformação maligna.

O estômago é composto de vários tipos de células, porém o tipo mais comum de câncer gástrico é o adenocarcinoma, que envolve as células glandulares do estômago.

Esse tipo de tumor é muito comum no mundo todo e é responsável por grande parte das mortes relacionadas a neoplasias. Os casos de câncer de estômago estão diminuindo no mundo todo e acredita-se que esse declínio se deve às formas mais modernas de conservação de alimentos, ao aumento da ingestão de frutas e legumes e à diminuição da ingesta de comidas muito salgadas, principalmente as carnes conservadas com sal, como o charque.

O exame que diagnostica as alterações da mucosa é a endoscopia digestiva alta.

Como o médico faz este exame?

Através da introdução de um aparelho flexível pela boca, que tem uma câmara de vídeo na sua extremidade, um médico especialista pode ver todo o tubo digestivo superior, ou seja, a boca, o esôfago, o estômago e a porção inicial do intestino, o duodeno. Através desse exame, o médico pode ver as porções alteradas da mucosa gástrica e retirar um pequeno pedaço dessa mucosa para ser examinada por um patologista, que tem condições de avaliar se as alterações vistas estão relacionadas a uma alteração maligna das células.

O Japão é o país que tem maior incidência desse tipo de tumor e desde a década de 60 vem fazendo estudos de métodos de diagnóstico precoce e screening populacional. Segundo a experiência deles, fazer endoscopia ou algum exame que detecte as células que sofreram transformação maligna no estômago, tão cedo elas apareçam, é útil para tratar precocemente esse câncer e diminuir a mortalidade de pessoas com esse tipo de tumor.

Alguns outros países, como os Estados Unidos, tentaram reproduzir esse estudo, porém, como esse tumor é muito raro naqueles países, não conseguiram reduzir a mortalidade relacionada a ele com métodos de detecção precoce. Entretanto, pessoas com risco aumentado devem fazer exames periódicos para detectar alterações precursoras da mucosa gástrica ou mesmo lesões pequenas o suficiente para que o tratamento cirúrgico seja curador.

Quais os fatores de risco mais comuns associados ao câncer gástrico?

Os fatores de risco para esse carcinoma já estão bem definidos.
 

Doenças anteriores ou associadas:

Pessoas que têm gastrite crônica, metaplasia intestinal do estômago (transformação da célula da mucosa do estômago em célula de intestino), anemia perniciosa ou pólipos gástricos têm mais chance de desenvolver um câncer gástrico.

Infecções:

Pessoas que têm a bactéria Helicobacter pylori detectada através de uma endoscopia, têm mais chance de desenvolver esse tipo de câncer. Esse tipo de infecção causa na maioria das vezes sintomas semelhantes a uma gastrite.

História familiar

Ter tido um familiar próximo, como mãe, pai, irmão ou filho com esse tipo de câncer, aumenta a chance de uma pessoa desenvolver câncer gástrico.

Fumo:

Fumar cigarro é fator de risco para câncer de estômago.

Dieta:

Comer muitos alimentos salgados , defumados ou que foram preservados de forma inadequada ou comer poucos alimentos de origem vegetal, como frutas e legumes, pode ser fator de risco para esse tipo de câncer

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Minha família é de origem oriental. Existem vários casos de câncer de estômago na família. Eu devo fazer alguma coisa em especial por causa disso?

Minha esposa faz tratamento de Helycobater Pylori (bactéria que causa a úlcera). Eu tenho que fazer também o mesmo tratamento? Essa doença "pega"?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Esôfago de Barrett  É uma condição que atinge a porção inferior do esôfago, alterando seu revestimento interno, cujas células originais são substituídas por células semelhantes às do intestino (metaplasia intestinal especializada ou Esôfago de Barrett).

Doença do Refluxo Gastro-Esofágico  É um conjunto de queixas que acompanha alterações no esôfago resultantes do refluxo (retorno) anormal do conteúdo estomacal

Câncer Gástrico  A maioria dos casos (90%) é originada na mucosa e tem o nome de adenocarcinoma; os restantes (10%) são linfomas, sarcomas e outras variedades mais raras.

Câncer de Esôfago - Prevenção  O câncer de esôfago, como a maioria dos tipos de câncer, tem fatores de risco identificáveis

Sexo e Câncer  O surgimento de algum tipo de câncer na vida de uma pessoa é muito traumático, dadas as conseqüências físicas e emocionais desse tipo de doença e as limitações da medicina nesse campo ainda muito desconhecido.

Náuseas e Vômitos  A maioria é causada por alterações que ocorrem diretamente no estômago ou intestino, mas certas situações envolvendo outros órgãos também causam esses sintomas.

Úlcera Péptica  A úlcera é uma lesão do revestimento (mucosa) do esôfago, estômago ou duodeno, que é a porção inicial do intestino.

Sangramento Gastro-Intestinal  é a perda de sangue a partir de qualquer órgão do trato digestivo (esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso).

Câncer de Estômago - Prevenção  Esse tipo de tumor é muito comum no mundo todo e é responsável por grande parte das mortes relacionadas à neoplasias.

Gastrite  O estômago é um tipo de bolsa que recebe o que ingerimos. Internamente, é forrada por mucosa, uma camada rosada parecida com a que temos em nossa boca.







Autor

Título: Câncer de Estômago - Detecção Precoce

Link :
Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 01/09/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 118
Palavras-Chave : Câncer de Estômago - Detecção Precoce - Cancerologia - Diagnóstico Precoce de Câncer de Estomago , Screening de Estomago , Prevenção de Câncer de Estomago , tubo digestivo superior





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques