PTIRÍASE RÓSEA DE GIBERT

O que é?

É uma erupção aguda de pele, em geral de cor branca, autolimitada, que afeta principalmente adolescentes e adultos jovens de ambos os sexos. As lesões de pele são sucessivas e progressivas, com regressão e cura.

Como se desenvolve ou se adquire?

Embora a causa seja desconhecida, os sintomas ocasionais que antecedem a erupção, o curso característico da doença, a tendência para imunidade permanente, a freqüência maior em algumas estações do ano (como outono e primavera) indicam um agente infeccioso (viral) ainda não identificado. Porém, a doença não é contagiosa.

O que se sente?

Em geral, a erupção é assintomática. A coceira nas lesões pode ser leve (50% casos) a severa (25% casos). Não tão freqüentemente pode anteceder à erupção um quadro leve com sintomas semelhantes aos da gripe. Aparece uma placa inicial oval, bem delimitada, de 2-4cm de tamanho, com um colarete escamoso característico. É a chamada placa precursora ou placa mestra. Em poucos dias ou semanas, lesões de aparência semelhante, porém menores, aparecem ao redor da lesão inicial. A erupção envolve o tronco e partes mais próximas dos membros - braços e coxas. Poupa face e regiões das palmas das mãos e plantas dos pés.

As lesões no tronco tendem a seguir as linhas da pele, em sentido paralelo, resultando na aparência de "árvore de natal". As lesões curam em 6-8 semanas, podendo persistir por mais tempo. Existem formas atípicas, com lesões muito inflamatórias e em áreas não habituais.

Como se faz o diagnóstico?

O diagnóstico clínico é bem sugestivo pelo aparecimento da lesão precursora, seguimento das outras lesões em aparência e tempo característicos, assintomáticas em geral.

Muitas vezes é necessário exame de sangue para excluir outras doenças com quadro clínico semelhante (e com tratamento específico) ou até exame de pele (biópsia da lesão) para descartar outras doenças - principalmente quando a evolução for mais prolongada (ultrapassando 2 meses de curso) ou com lesões atípicas.

Como se trata?

A erupção cura espontaneamente na maioria dos casos, necessitando orientações apenas. Para alguns pacientes, é necessário medidas de alívio da coceira e hidratação da pele. A cura geralmente ocorre no período de 6 a 8 semanas, não deixando cicatrizes. Reaparecimento da doença é raro, mas pode ocorrer.

Como se previne?

Não há como prevenir a doença até o momento.





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Psoríase  A psoríase é uma doença inflamatória da pele, benigna, crônica, relacionada à transmissão genética e que necessita de fatores desencadeantes para o seu aparecimento ou piora (principalmente no inverno).

Síndrome de Reiter  A síndrome de Reiter (SR) é a artrite mais comum no homem jovem e é também freqüente em mulheres.

Fotoproteção  Os filtros solares são substâncias destinadas a proteger a pele do sol (das radiações ultravioletas A e B). A curto prazo, eles protegem a pele de queimaduras e alergias solares e, a longo prazo, de envelhecimento e câncer de pele.

Rosácea  É uma doença vascular inflamatória crônica, caracteriza-se por eritema, telangiectasias (vasos finos avermelhados), edema e pápulas, que podem ser acompanhados por pústulas e nódulos.

Urticária  É uma reação na pele que afeta mais de 20% da população em algum momento da vida. Podem aparecer vergões vermelhos, elevados, mudando de tamanho e forma rapidamente.

Herpes Simples  A transmissão do vírus se faz preferentemente por contato direto pessoa – pessoa, mesmo que não haja lesão ativa.

Celulite  É reconhecida com facilidade. É crônica e não tem cura. É uma afecção benigna. Ocorre em mulheres magras e gordas. É uma das patologias mais comuns no sexo feminino.

Melasma  São manchas acastanhadas na pele, ocorrendo em áreas expostas ao sol, principalmente no rosto e em mulheres de pele mais morena. Apenas 10% dos homens são acometidos.

Estrias  As estrias ocorrem por hiper extensibilidade da pele devido ao aumento de peso, por exercícios físicos, aumento da massa muscular, gravidez, medicamentos, alterações hormonais. .

Linfomas - Hodgkin / Não-Hodgkin  Os linfomas são um grupo de doenças que se originam nas células do sistema linfático Este sistema é constituído de órgãos e tecidos que produzem,armazenam e distribuem os glóbulos brancos do sangue que combatem a infecção e outras doenças







Autor

  • Equipe ABC da Saúde
  • -
  • -
  • -
  • -
Outros artigos do autor

Título: Ptiríase Rósea de Gibert

Link :
Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 23/09/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 354
Palavras-Chave : Ptiríase Rósea de Gibert - Dermatologia - Ptiríase , Mancha Branca , braços , coxas , erupção , lesões , cicatrizes , alívio da coceira , hidratação da pele .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques