A DESNUTRIÇÃO PODE MUDAR O MUNDO!

Há pouco, comemoramos o aumento da expectativa média de vida do Brasil, passando da faixa dos 70 anos. Paralelamente ao aumento da expectativa de vida em muitos países do mundo, há uma grande preocupação da Organização Mundial da Saúde (OMS), pois, em muitas regiões do mundo a expectativa de vida está diminuindo em vez de aumentar, como em vários países africanos, vários países do leste europeu e em alguns estados nos Estados Unidos. A preocupação da OMS é de que a se a situação mundial não mudar em alguns anos, a expectativa de vida no mundo vai começar a diminuir em vez de aumentar.

Então, é verdade que a expectiva de vida pode começar a diminuir em alguns anos em vez de aumentar? Sim, se a situação atual no mundo não mudar!

Por que?

A expectativa de vida pode depender de vários fatores, sendo a NUTRIÇÃO um dos fatores mais importantes.

O que pode diminuir a expectativa de vida
 

DESNUTRIÇÃO – FOME:
nos países em desenvolvimento, com alta mortalidade (principalmente os países africanos sub-saarianos): a fome, desnutrição por má nutrição, é a primeira causa de mortalidade precoce (infantil), juntamente com doenças infecto-contagiosas como a SIDA eoutras infecções. Nestes países, a expectativa de vida vem dimimuindo em vez de aumentar.
DESNUTRIÇÃO – OBESIDADE:
nos países em desenvolvimento, com baixa mortalidade, e nos desenvolvidos, a obesidade (tanto 'do pobre', quanto 'do rico') vem aumentando de forma progressiva, e contribuindo para a redução ou não-aumento da expectativa de vida. Nestes países, o aumento da obesidade está relacionado ao aumento da ingestão calórica, principalmente pelo aumento daparticipação de gorduras como componente energético da dieta. Nos Estados Unidos, há uma associação nítida entre o aumento da taxa de obesidade e a diminuição da expectativa de vida dos Estados unidos nos últimos anos.
'DESNUTRIÇÃO DO ESPÍRITO' – ESTRESSE EXCESSIVO:
nos países do leste europeu (ex-União Soviética), após o fim do comunismo e o desmembramento dos seus Estados, houve uma mudança sócio-econômica abrupta, com um aumento de desemprego de 'perda de sentido de vida' ('dedicar-se ao Estado') de uma boa parte da população. Desde o desmembramento dos estados, os países que compunham a ex-URSS vêm apresentando uma diminuição da expectativa média de vida, diretamente proporcional à taxa de desemprego dos países e dos estados. Os pesquisadores da demografia da Universidade de Moscou atribuem ao 'estresse secundário a mudança social brusca' como uma das grandes contribuintes desta diminuição da expectativa de vida naquela região do mundo. Uma das respostas que estes pesquisadores mais ouviram dos adultos jovens, em resposta à pergunta 'a que atribuem as suas preocupações?', foi 'a perda do sentido da vida'. A 'desnutrição do espírito', entendida aqui como o excesso de estresse, parece que pode realmente reduzir a expectativa de vida das pessoas.






Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Obesidade  Enfermidade caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, associada a problemas de saúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde do indivíduo.

Desnutrição  A desnutrição pode ser o resultado de pouca alimentação ou alimentação excessiva. Ambas as condições são causadas por um desequilíbrio entre a necessidade do corpo e a ingestão de nutrientes essenciais.

Dieta e Câncer  Atualmente, alguns alimentos contribuem para o desenvolvimento do câncer, enquanto outros podem conduzir para menores chances de desenvolvimento da doença.

Vitaminas  São elementos nutritivos essenciais para a vida (VITA), que na sua maioria possuem na sua estrutura compostos nitrogenados (AMINAS), os quais o organismo não é capaz de sintetizar e que, se faltarem na nutrição, provocarão manifestações de carência ao organismo.

Dieta do Mediterrâneo  Dieta do Mediterrâneo, ou Dieta Mediterrânea, é um tipo de alimentação característica de alguns países da região do mar Mediterrâneo (Itália, Grécia, Portugal, Espanha, França e outros). Este padrão alimentar é composto, basicamente, de vegetais, legumes, tomate, alho, frutas (maçã) e, principalmente, óleo de oliva, canola, cereais pouco moídos, nozes (pecan) e sementes, queijo branco e iogurte, além de vinho.

ABC da Alimentação Saudável  Uma alimentação, quando adequada e variada, previne deficiências nutricionais, e protege contra doenças infecciosas, porque é rica em nutrientes que podem melhorar as defesas do organismo

Alimentos para a Prevenção do Câncer  Várias culturas antigas utilizavam o alimento como principal forma de preservação da saúde.

Dieta e Asma  A insuficiente ingestão dietética de antioxidantes pode reduzir as defesas pulmonares, com aumento na susceptibilidade respiratória a danos oxidativos, resultando em inflamação respiratória e asma.

Transtorno do Comer Compulsivo  Muitas pessoas com essa síndrome são obesas, apresentando uma história de variação de peso, pois a comida é usada para lidar com problemas psicológicos.

Chocolate faz bem para a Saúde?  O chocolate é um daqueles alimentos que tem alternado, através da história, sua posição em relação aos efeitos produzidos sobre a saúde. Em algumas épocas, tido como benéfico; em outras, como prejudicial à saúde.







Autor

Título: A Desnutrição pode Mudar o Mundo!

Link : | Data de Publicação : 10/12/2007 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 21/12/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 674 | Palavras-Chave : A Desnutrição pode Mudar o Mundo! - Geriatria - países em desenvolvimento , alta mortalidade , má nutrição , obesidade , ingestão calórica , expectativa média de vida , estresse .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.




Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias





Destaques