SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS - SOP

Sinônimos

Ovários policísticos, anovulação por retrocontrole impróprio, síndrome de Stein Leventhal.

O que é?

É uma das causas mais comuns de irregularidade menstrual e de amenorréia secundária.

Essa síndrome foi descrita pela primeira vez em 1935, por Stein e Leventhal, com as clássicas características de ovários policísticos: obesidade, amenorréia, infertilidade e hirsutismo.

Incidência

Estima-se que 5 a 10% das mulheres em idade reprodutiva apresentem esse distúrbio.

Etiologia

A síndrome dos ovários policisticos não tem uma etiologia conhecida, mas sabe-se que ocorre uma disfunção hipotalamica(pituitária)e resistência a insulina. A hiperinsulinemia estimularia a produção excessiva de androgênios pelos ovários.

A anovulacao crônica mantem o estímulo do endométrio pelo estrogênio sem oposição, aumentando a incidência de hiperplasia endometrial e carcinoma de endométrio nessas mulheres.

Metade destas mulheres são hirsutas e muitas são obesas. Elas podem apresentar perfil lipidico alterado, predisposição ao DM tipo II e a doença cardiovascular.

Como se faz o Diagnóstico?

Pacientes com síndrome dos ovários policísticos têm, de modo característico, ciclos menstruais irregulares (amenorréia ou oligomenorréia).

Associado a anovulação crônica, as pacientes costumam apresentar hirsutismo (aumento de pêlos), acne, obesidade, infertilidade.

Algumas pacientes apresentam hemorragia uterina (sangramento vaginal aumentado e irregular).

Antes de diagnosticarmos síndrome dos ovários policísticos precisamos descartar outras doenças que podem manifestar-se com quadro clínico similar ao da síndrome dos ovários policísticos, tais como hiperprolactinemia (aumento da prolactina) e alterações da glândula supra-renal.

Quadro clínico

Pacientes com síndrome dos ovários policísticos procuram atendimento por diferentes motivos. Podem estar preocupadas com a irregularidade menstrual, com o excesso de pêlos, com a obesidade, com dificuldade para engravidar ou devido à acne de difícil tratamento.

Investigação

A história clínica é muito importante para o diagnóstico. Todas as causas de anovulação devem ser excluídas: ganho de peso excessivo, uso de drogas, secreção mamilar e outros quadros.

No exame clínico, devem ser pesquisados sinais de hiperandrogenismo: distribuição de pêlos, acne, distribuição de gordura corporal, trofismo dos genitais.

Nas pacientes obesas, deve ser lembrada a associação da síndrome dos ovários policísticos com a resistência à insulina (no futuro maior associação com diabete mélito tipo II).

Como se Trata?

O tratamento é dirigido à causa da anovulação. Quando for síndrome dos ovários policísticos (sem hipotireoidismo, sem alteração de glândula supra-renal, sem hiperprolactinemia) o tratamento é multifatorial e depende do objetivo da paciente com o tratamento.

Todas as pacientes obesas com ovários policísticos devem emagrecer.

O uso de indutores da ovulação, pílula anticoncepcional e outros tratamentos para acne e excesso de pelos serão utilizados conforme cada caso.

O seu médico, analisando o seu caso, deve estar apto a lhe indicar o melhor tratamento.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Minha filha menstruou normalmente, mas agora os ciclos estão ficando mais longos e às vezes ela nem menstrua. O que pode estar acontecendo?

Sempre fui gordinha e tenho muitos pêlos em todo o corpo. Agora não consigo engravidar. Quais os procedimentos que devo realizar?

Tenho diagnostico de PCOS. Devo me tratar por toda a vida?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Câncer de Ovário  As neoplasias de ovário devem crescer muito até produzirem sintomas para a paciente, o que faz com que a maioria desses tumores seja diagnosticada quando já estão num estágio avançado

Diabetes  Doença provocada pela deficiência de produção e/ou de ação da insulina, que leva a sintomas agudos e a complicações crônicas características.

Obesidade  Enfermidade caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, associada a problemas de saúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde do indivíduo.

Amenorreia Primária  Amenorréia primária é a ausência de menstruação em uma menina de 14 anos que não apresenta ainda desenvolvimento de caracteres sexuais secundários

Amenorreia Secundária  Amenorréia secundária é a ausência de menstruação por um período maior do que 3 meses em mulher que anteriormente já apresentou ciclos menstruais.

Endometriose  Endometriose é uma doença caracterizada pela presença de tecido endometrial (tecido que reveste o útero internamente) fora da cavidade uterina.

Cistos de Ovário  São freqüentemente encontrados em mulheres em idade reprodutiva. As mulheres mais propensas a formação de cistos são aquelas com idade entre os 20 e 35 anos, as portadoras de endometriose ou com doença inflamatória pélvica

Gestação Após os 35 Anos  Atualmente, grande parte dos casais optam por ter filhos após os 35 anos. Este período coincide com o declínio da fertilidade na mulher.

Fertilidade & Infertilidade - Anatomia  Os princípios básicos de uma reprodução bem sucedida estão no desenvolvimento dos gametas (óvulos e espermatozóides), na capacidade deles se encontrarem, permitindo assim, que ocorra a fertilização.

Câncer de Endométrio  É o câncer de corpo uterino mais freqüente, de incidência crescente nas últimas duas décadas. Ocupa o 4º lugar das neoplasias malignas da população feminina sendo o 2º tumor pélvico mais freqüente entre as brasileiras.







Autor

Título: Ovários Policísticos

Link : | Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 21/12/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 316 | Palavras-Chave : Ovários Policísticos - Ginecologia e Obstetrícia - Ovário Policístico , Síndrome de Stein-Leventhal , Doença no Ovário





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.




Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias





Destaques