Super Promoção Dieta do Mediterrâneo


PROBLEMAS NA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

PROBLEMAS NA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

Sinônimos

problemas na mandíbula, problemas no "carrinho".

O que é?

O ato de mastigar é mais complexo do que nos parece! Vários grupos musculares, ligamentos, articulações, ossos e as arcadas dentárias são responsáveis pela coordenada e harmônica abertura e fechamento da mandíbula.

O desequilíbrio dessa harmonia acarreta sinais e sintomas que são chamados de síndrome da articulação têmporo-mandibular (SATM) ou Distúrbios do aparelho estomato-gnático O profissional mais habilitado a tratar estes distúrbios é o cirurgião-dentista com especialização em oclusão dentária ( Oclusionista ) que trata adequadamente cada causa específica.

O que causa?

Os pacientes apresentam sinais e sintomas semelhantes, porém podem sofrer de doenças distintas, requerendo tratamentos específicos. Algumas das doenças que geram síndrome da articulação têmporo-mandibular (SATM) são aquelas que alteram os músculos faciais, espasmos nos músculos mastigatórios desencadeados por tensão ou estresse, artrites ou fixações na articulação têmporo-mandibular, traumatismos na mandíbula, má oclusão dentária (mordida com defeitos), bruxismo (ranger dos dentes ao dormir), tumores e problemas de crescimento na mandíbula. Cada um desses sintomas requer tratamento diferente.

O que se sente?

Os sintomas de síndrome da articulação têmporo-mandibular (SATM) são:
 

Dor ao morder, bocejar ou abrir a boca amplamente.
Dificuldade para abrir totalmente a boca (contraturas musculares, calcificações articulares).
Estalido, rangido ou raspado ao morder.
Sensação de mordida desalinhada, torta, cruzada.
Dor irradiada para qualquer local da face, ouvido, pescoço ou nuca.
Cefaléia (dores de cabeça) freqüentes.

Como se faz o diagnóstico?

O médico ou cirurgião dentista palpa, observa e ouve a movimentação da mandíbula; sente o estado das articulações, dos músculos, dos ligamentos, a oclusão dos dentes (a mordida e correta coaptação das arcadas dentárias superiores e inferiores). Examina estudos radiológicos da mandíbula e da movimentação da articulação em estágios variados (abertura total, média e fechamento total).

Como se trata?

Inicialmente, na fase aguda, devemos ingerir analgésicos e colocar bolsas de água quente na região afetada.

Evitar dietas que necessitem mastigar muito (carnes) ou abrir muito a boca (maçãs inteiras, por exemplo). Realizar massagens na região dolorosa.

O cirurgião dentista clínico geral desenvolverá uma placa oclusal dentária para relaxamento dos músculos e na tentativa de evitar o bruxismo. O mesmo profissional pode ser que não realize a terapia oclusal (ajuste da mordida).

Para um pequeno número de pacientes que não melhoram com essas medidas usuais, medicações analgésicas poderosas (inclusive narcóticos) são empregadas.

Contudo, o uso de narcóticos pode induzir ao vício!

Alguns pacientes necessitam de antidepressivos ou anticonvulsivantes.

A cirurgia da articulação têmporo-mandibular, embora benéfica em alguns casos, ainda é controversa.

Deve ser evitada e, anteriormente, discutida com vários profissionais!

Perguntas que você pode fazer ao seu médico ou cirurgião-dentista

O "bruxismo" (ranger dos dentes) tem cura?

A placa mio-relaxante é fundamental no tratamento?

O que devo fazer em primeiro lugar?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Fratura Mandibular  O osso mandibular, em conjunto com os ossos nasais, é uma das estruturas mais acometidas nas fraturas de face.

Correção Cirúrgica da Face e Dentes  A cirurgia ortognática é o tratamento para pacientes que possuem deformidades envolvendo o esqueleto facial e os dentes.

Tumores Odontogênicos: A Importância do Diagnóstico Precoce  Os tumores odontogênicos, também chamados de mixomas ou neoplasias bucais são lesões derivadas dos remanescentes celulares que se originam durante a formação e erupcionamento (“nascimento”) dentários, não devendo ser confundidos com neoplasias malignas, do tipo câncer.

Arterite Temporal  Trata-se de uma doença autoimune (do seu próprio organismo) de etiologia desconhecida, que cursa com cefaléia (em idosos principalmente); geralmente acomete a artéria temporal superficial (artéria que passa nas têmporas), embora esteja relacionada com outras artérias.

Dores na Face  Aproximadamente 25% à 45% da população em geral apresenta ou já apresentou algum sinal ou sintoma de Disfunções Temporomandibulares (DTM).

Traumatismo Facial  O traumatismo na região da face pode afetar tanto a pele, gordura, músculos, nervos, como fraturar os ossos. Nos casos mais graves pode estar associado a dano cerebral.

Amamentação e Os Dentes e a Face  No bebê, o ato de se alimentar acontece através da sucção que é o primeiro estímulo responsável pelo crescimento facial.

Dispositivo Anti Ronco  Roncar alto, não importa a posição em que se está deitado, acordar cansado, com a boca seca ou com dor de cabeça são sintomas deste tipo de apnéia

Expansão das Arcadas Dentárias  Expandir as arcadas dentárias é aumentá-las em sua largura e/ou em seu comprimento, o que aumenta o tamanho do arco dentário.

Aleitamento Natural X Aleitamento Artificial  O ideal é que o bebê seja amamentado, exclusivamente, no peito por pelo menos 6 meses







Autor

Título: Problemas na Mandíbula

Link :
Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 30/10/2008 (Equipe ABC da Saúde) - Acesso : 20/09/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 346
Palavras-Chave : Problemas na Mandíbula - Otorrinolaringologia - Problemas na Mandíbula , Problemas no Carrinho , Disfunção do Aparelho Estomato-gnático , Desajuste do Carrinho , Mandíbula, Carrinho .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques