DISFUNÇÕES SEXUAIS FEMININAS Disfunções Sexuais Femininas

As disfunções sexuais femininas podem afetar o desejo sexual e/ou alterar as respostas psicológicas e fisiológicas do corpo frente aos estímulos sexuais, causando sofrimento e insatisfação não só na pessoa, como também no seu par.

A busca de terapeuta sexual é essencial para a resolução do problema.

Tipos de disfunções sexuais:
 

Desejo Sexual Hipoativo (Desejo Sexual Inibido)

Quando há diminuição ou ausência total de fantasias e de desejo de ter atividade sexual.

Aversão Sexual (Evitação Sexual. Fobia Sexual)

Evitação ativa de ter sexo com parceiros, com sentimentos de repulsa, ansiedade e medo.

Transtorno de Excitação (Frigidez)

É a incapacidade persistente ou recorrente (repetida) de adquirir ou manter a lubrificação vaginal e turgescência até o fim do ato sexual. A mulher tem pouca ou nenhuma sensação de excitação. Antigamente, esse problema era denominado de Frigidez.

Anorgasmia (Inibição do Orgasmo)

Quando a mulher sente-se incapaz de atingir orgasmo. Pode haver um atraso ou ausência recorrente ou persistente do orgasmo, mesmo após estímulo sexual adequado.

Dispareunia

É a dor genital associada ao ato sexual. Para ser denominada dispareunia não deve ser causada por fatores orgânicos, como infecções ou nódulos, por exemplo.

Vaginismo

É a contração involuntária dos músculos próximos à vagina que impedem a penetração pelo pênis, dedo, ou espéculo ginecológico ou mesmo um tampão. A mulher não consegue controlar o movimento de contração, apesar de até desejar o ato sexual.

Disfunção Sexual Devido a uma Condição Médica

Quando há um problema orgânico que gera problemas sexuais, como, por exemplo, a diminuição de desejo devido a Diabete Melito.

Disfunção Sexual Induzida por Substâncias

Quando há um problema sexual pelo uso de algumas substâncias. Por exemplo, diminuição do desejo sexual por uso de altas doses de sedativos hipnóticos, como o diazepam.







Publicidade/Advertisement

LEIA TAMBÉM

Menopausa e Climatério  A menopausa é a última menstruação da mulher. O climatério é a fase da vida em que ocorre a transição do período reprodutivo ou fértil para o não reprodutivo, devido à diminuição dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários.

Sexualidade Normal e Transtornos Sexuais  O comportamento sexual humano é diversificado e determinado por uma combinação de vários fatores tais como os relacionamentos do indivíduo com os outros, pelas próprias circunstâncias de vida e pela cultura na qual ele vive.

Diabetes  Doença provocada pela deficiência de produção e/ou de ação da insulina, que leva a sintomas agudos e a complicações crônicas características.

Frigidez  Caracteriza-se pela falta de desejo e de qualquer resposta sexual. Essa terminologia tem sido empregada para definir mulheres que não demonstram nenhum interesse em sexo ou que ficam completamente "geladas" ao toque erótico.

Vaginismo  É a contração involuntária dos músculos próximos à vagina que impedem a penetração pelo pênis, dedo, ou espéculo ginecológico ou mesmo um tampão.

Dispareunia (Dor na Relação Sexual)  A dor que ocorre durante a relação sexual tem, na maioria das vezes, causas orgânicas. Os fatores psicológicos também podem estar envolvidos.

Sexo e Câncer  O surgimento de algum tipo de câncer na vida de uma pessoa é muito traumático, dadas as conseqüências físicas e emocionais desse tipo de doença e as limitações da medicina nesse campo ainda muito desconhecido.

Sexo e Condições Especiais  É necessário muito apoio dos familiares e, acima de tudo, tolerância. A pessoa fica desmotivada também para o sexo, podendo recuperar o desejo somente depois de superar tal crise.

Distimia - Estado Crônico de Depressão  A distimia é uma doença do humor, como a depressão, porém ocorrendo de uma forma crônica, com a persistência de tristeza por longo tempo (pelo menos dois anos), durando a maior parte do dia, na maioria dos dias.

Três Dicas Básicas para uma Vida Sexual Saudável e Prazerosa  Uma das maiores causas de problemas sexuais está na desinformação e na falta de conhecimento do próprio corpo. Se não sei como reajo ao estímulo sexual, quais partes de mim são mais sensíveis ao toque, como poderei tirar maior prazer de mim mesmo e de um parceiro?







Autor

Título: Disfunções Sexuais Femininas

Link : | Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 01/07/2014 - Acesso : 22/11/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 132 | Palavras-Chave : Disfunções Sexuais Femininas - Sexologia - Evitação Sexual na Mulher , Inibição Sexual na Mulher , Fobia Sexual na Mulher





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques