HIDROCELE

O que é?

Hidrocele é a presença de líquido em quantidades anormais dentro do escroto e envolvendo o testículo. Pode ser unilateral ou bilateral. As hidroceles podem ser congênitas ou adquiridas.

Como se desenvolve?

No feto, os testículos se situam no abdômen numa região chamada de retroperitônio.

À medida que o feto cresce, os testículos migram para baixo em direção ao saco escrotal.

Ao entrar no escroto, carregam camadas do peritônio (camada que reveste o abdômen), como se fosse um dedo de luva. Essa camada contém líquido (1 a 3 ml) que serve para lubrificar o testículo deixando-o móvel dentro do escroto.

O trajeto percorrido pelo testículo desde o retroperitônio até o escroto fecha-se com o tempo. Caso isso não ocorra forma-se um acúmulo maior de líquido em torno do testículo proveniente da cavidade abdominal. Assim são formadas as hidroceles nos pacientes pediátricos, variando de volume conforme o esforço ou posição do paciente.

Por esse canal de comunicação persistente entre abdômen e escroto podem também passar vísceras (intestino), formando-se, nesse caso, uma hérnia.

Já no adulto, as hidroceles são produto do desequilíbrio existente entre a formação e a absorção do líquido naturalmente existente ao redor do testículo. Isso pode ocorrer secundário a processos inflamatórios (epididimite, orquite, tumores) ou traumatismos. Cerca de 5 a 10% dos tumores de testículo apresentam-se acompanhados de hidrocele.

Como se faz o diagnóstico?

Nota-se um aumento não doloroso (mas muitas vezes desconfortável) do escroto uni ou bilateralmente. O aumento varia de dimensões (hidrocele comunicante).

Ao exame físico, percebe-se o aumento do volume do escroto impedindo a individualização do testículo. Com o auxílio de uma lanterna e em ambiente escuro, nota-se que o conteúdo do escroto transilumina, logo se trata de um conteúdo líquido e não sólido.

Caso haja dúvidas diagnósticas, uma ecografia escrotal pode ser solicitada.

Com isso teremos detalhes do testículo e visão dos demais componentes do saco escrotal.

Como se trata?

Nos recém-nascidos, pode-se adotar a conduta expectante. Muitas hidroceles nessa idade resolvem espontaneamente em 12 meses (fechamento espontâneo da comunicação).

Caso não resolva, ou se há progressão do volume ou presença de hérnia associada, o tratamento é cirúrgico. Geralmente a abordagem cirúrgica é na região inguinal.

No adulto a abordagem cirúrgica é pelo saco escrotal e várias técnicas existem para sua correção. Outra alternativa é a escleroterapia, na qual o conteúdo líquido da hidrocele é retirado e no seu lugar é colocado um líquido esclerosante visando causar o fechamento do espaço em torno do testículo por fibrose.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

O que causa essa doença?

Isso pode causar câncer?

Pode causar infecção?

Precisa tratamento?

Essa doença é transmissível?





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


LEIA TAMBÉM

Tumor de Testículo  Sua maior incidência se encontra nos adultos jovens dos 15 aos 35 anos, que é a fase da maior atividade sexual e início da vida profissional.

Torção de Testículo  É uma dor súbita no escroto (saco, saco escrotal) acompanhada de aumento de volume do mesmo.

Varicocele  A varicocele está presente em 15% da população geral (adultos e adolescentes) e em 35% dos homens com infertilidade.

Orquites e Orquiepididimites  Orquite é um processo inflamatório ou infeccioso envolvendo o testículo

Nódulos nos Testículos  O volume do nódulo pode variar desde poucos milímetros (tamanho de um grão de arroz) até vários centímetros (envolvendo todo o testículo).

Câncer de Testículo - Detecção Precoce  Fatores de risco mais comuns para o câncer de testículo

Testículo Ectópico  Meninos prematuros e aqueles de baixo peso ao nascer (menos de 2500 g) têm um risco aumentado de nascerem com testículos ectópicos.

Prostatite  A prostatite cronica é uma afecção que acomete de 10% a 14% dos homens de todas as idades e raças.

Fator Masculino de Infertilidade Conjugal  Fatores que alteram a fertilidade masculina

Câncer de Próstata  O câncer de próstata (CP) é o tumor mais comum em homens com mais de 50 anos de idade.







Autor

Título: Hidrocele

Link : | Data de Publicação : 01/11/2001 - Revisão : 05/01/2010 - Acesso : 24/10/2014 - Código do Conteúdo : Artigo 238 | Palavras-Chave : Hidrocele - Urologia - Aumento do Saco , Aumento do Saco Escrotal , Água no Saco , Massa Escrotal , Aumento de Volume , Tumor no Testículo .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial : http://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2014 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.


Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


Publicidade/Advertisement


Notícias




Destaques