CARCINOMA BASOCELULAR 

Sinônimos/Nomes Populares:

Basiloma, Tumor de Pele Não-Melanoma, Epitelioma basocelular, CBC 

O que é?

Esta lesão é a lesão maligna de pele mais frequente, representando cerca de 70% de todos os tipos. É comum em pessoas após os 40 anos de idade com pele clara.

Como se adquire?

Sua causa relaciona-se a exposição ao solar, principalmente a radiação ultravioleta. Outros fatores realcionados são as irradiações radioterápicas e absorção de composto arsenicais. A população de risco são pessoas de pele clara, predisposição a queimaduras solares e com dificuldade de bronzear-se. Assim como os outros tumores de pele, a exposição extensa e prolongada ao sol aumenta o risco de adquirir lesões de pele. Vale ressaltar que uma pessoa que teve esta lesão, possui uma chance maior de ter outra lesão que a população em geral, se não cuidar-se.


Publicidade/Advertisement

O que se sente?

Grande parte destas lesões acomete a face, manifestando-se de diversas formas. A forma mais comum é uma pequena lesão consistente, de aspecto perolado, de cor rósea ou translúcida, lisa e brilhante, com crescimento progressivo e lento.Com o crescimento elas podem formar uma ferida (ulceração) ou sangramento pelo atrito (coçadura). 

Outras formas encontradas são lesões pigmentadas. Quando as lesões encontram-se na face e possuem um componente mais agressivo, podem ter grande potencial destrutivo se atingir, por exemplo, o nariz e os olhos.  

Como se desenvolve?

O carcinoma basocelular possui um crescimento principalmente por contiguidade pela expansão tumoral irregular. É um tumor originado de células epiteliais imaturas pluripotentes da camada basal da epiderme (camada mais externa da pele) e menos frequentemente de anexos da pele como o complexo cutâneo pilo-sebáceo (complexo do pelo) ou outras estruturas cutaneas.

Este tumor raramente produz metástases, sendo este achado uma exceção. Sua grande morbidade é local com a invasão e destruição de tecidos adjacentes de forma vertical e horizontal, inclusive osso e cartilagem, por exemplo. 

Vale salientar que esta neoplasia acomete geralmente a região da cabeça e pescoço, áreas de foto-exposição solar, sendo que esta agressividade comentada pode levar a uma desfiguração da pessoa e perda de funções de estruturas importantes (perda de visã), quando não tratado adequadamente. 

Como o profissional de saude faz o diagnostico?

O diagnóstico é realizado através de exame clínico. Após sua retirada, o mesmo é enviado para diagnóstico anátomo-patológico para confirmação diagnóstica e avaliação de margens cirúrgicas, buscando a ressecção completa da lesão. 

Como se trata?

O tratamento é iminentemente cirúrgico, objetivando a excisão (retirada) completa da lesão com margens livres (oncológica) tanto lateral quanto profundamente. Em alguns tipos de lesão mais superficiais pode ser tratadas com terapia fotodinâmica ou com aplicação de alguns medicamento.Como essa lesão não envia metástase, o tratamento médico precoce resulta em cura na maior parte dos casos. Assim é importante procurar o médico na suspeição de alguma lesão  

Como se previne?

A melhor maneira de prevenir esta lesão é evitar a exposição solar em períodos perigosos (das 10 as 16h). Bem como realizar uma proteção com uso de soluções protetoras solares e uso de dispositivos como chapéu, guarda-sol, óculos escuros.           

Para maiores informações sobre prevenção veja o artigo sobre prevenção do Câncer de Pele.

Perguntas que você pode fazer ao seu profissional de saúde

Como evolui a o carcinoma basocelular?

Qual o tratamento realizado?

Como faço para evitá-lo?




Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Câncer de Pele - Detecção Precoce  Fatores de risco mais comuns associados ao câncer de pele

Câncer de Pele - Prevenção  O câncer de pele é o mais comum de todos os tipos de câncer. Existem basicamente dois tipos de câncer de pele

Fotoproteção  Os filtros solares são substâncias destinadas a proteger a pele do sol (das radiações ultravioletas A e B). A curto prazo, eles protegem a pele de queimaduras e alergias solares e, a longo prazo, de envelhecimento e câncer de pele.

Rosácea  É uma doença vascular inflamatória crônica, caracteriza-se por eritema, telangiectasias (vasos finos avermelhados), edema e pápulas, que podem ser acompanhados por pústulas e nódulos.

Carcinoma Epidermoide de Pele  Esta lesão constitui-se da proliferação celular da camada epidermóide da pele (a mais superficial). Caracteriza-se por ser extremamente invasiva, ou seja, agressiva, podendo ocasionar metástase em cerca de 1 a 5% dos casos, representando seu carácter maligno

Câncer - Prevenção  Prevenção em câncer é reduzir a possibilidade do aparecimento de qualquer tipo de câncer.

Urticária  É uma reação na pele que afeta mais de 20% da população em algum momento da vida. Podem aparecer vergões vermelhos, elevados, mudando de tamanho e forma rapidamente.

Dermatite Atópica  É uma doença crônica que causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira. Cerca de 30% dos indivíduos com dermatite atópica têm asma ou rinite alérgica e 15% têm surtos de urticária.

Vitiligo  É uma doença caracterizada pela despigmentação da pele, formando manchas acrômicas de bordas bem delimitadas e crescimento centrífugo.

Queimaduras  Queimadura é uma lesão em determinada parte do organismo desencadeada por um agente físico. Dependendo deste agente as queimaduras podem ser classificadas em queimaduras térmicas, elétricas e químicas.


Autor

Título: Carcinoma Basocelular

Link : | Data de Acesso : 05/12/2016 - Código do Conteúdo : Artigo 792 | Palavras-Chave : Carcinoma Basocelular - Cirurgia Geral - Basiloma, Tumor de Pele Não-Melanoma, Epitelioma basocelular, CBC , nariz , olhos , complexo cutâneo pilo-sebáceo , excisão , tumor , tumores de pele , lesões pigmentadas , população de risco .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial :https://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2016 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.