Ingestão de frutas e legumes na juventude protege contra aterosclerose coronária na maturidade

Ingestão de frutas e legumes na juventude protege contra aterosclerose coronária na maturidade

As preocupações com a saúde tornam-se mais intensas com a aproximação da idade madura e o consequente aumento do risco para diversas doenças, principalmente doenças cardiovasculares. Motivadas por isto as pessoas ficam mais predispostas a promover mudanças no estilo de vida, o que sabidamente reduz o risco para doença cardíaca.

Das intervenções sobre estilo de vida na maturidade, a que estabelece um padrão dietético alto em frutas e vegetais está associada a uma redução na incidência de doença coronariana,acidente vascular cerebral (derrame) e mortalidade por doença cardíaca, redução esta que é mediada, provavelmente, pela inibição da formação da placa aterosclerótica, principal característica da doença cardiovascular. No entanto, a formação da placa tem início na juventude e, quando, na idade madura, o indivíduo melhora seu estilo de vida, ele já apresenta algum grau de aterosclerose, o que impede uma redução completa do risco de doença cardiovascular.

Na última semana foi publicada na revista médicaCirculation, uma pesquisa que teve como principal objetivo investigar se a adoção de uma dieta saudável, rica em frutas e vegetais, já na juventude, poderia ter um maior impacto na prevenção da doença cardíaca.

O estudo foi conduzido em uma amostra de 2506 jovens que tiveram seu padrão alimentar registrado por meio de questionários. Vinte anos depois os participantes submeteram-se a uma tomografia computadorizada para a medida de cálcio na artéria coronária, que é um excelente marcador da aterosclerose naquele local.

Os indivíduos que tinham o maior consumo de frutas e vegetais na juventude apresentaram uma menor prevalência de cálcio na artéria coronária, o que indica um menor risco de desenvolver aterosclerose. Este resultado reforça a recomendação da adoção de umestilo de vida saudáveljá na adolescência e juventude, principalmente no que diz respeito à alimentação.

Autor:Dr. Gilberto Sanvitto - ABC da Saúde

Referência Bibliográfica

  • -Circulation – DOI:10.1161/CIRCULATIONAHA.114.012562

RECOMENDADO PARA VOCÊ

ATEROSCLEROSE
PREVENÇÃO DA ARTERIOSCLEROSE
EXERCÍCIO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES
FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDÍACAS
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
INFARTO - O ATAQUE DO CORAÇÃO
ABC DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
EU POSSO FAZER EXERCÍCIOS?

Publicado em :30/10/2015 12:21




Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement