Obesidade e sobrepeso estão associados à perda de cognição em adultos acima de 60 anos | ABC da Saúde

Obesidade e sobrepeso estão associados à perda de cognição em adultos acima de 60 anos

A saúde do cérebro pode ser diretamente afetada pela obesidade ou sobrepeso

É o que demonstraram pesquisadores australianos no Congresso Anual da Sociedade Americana de Neurociências realizado na segunda semana de novembro na capital dos Estados Unidos. No trabalho apresentado eles comprovam que o sobrepeso e a obesidade estão associados a uma atrofia do hipocampo - uma área do cérebro que desempenha um papel fundamental no desenvolvimento e manutenção da memória - sendo sua redução um dos principais responsáveis pelo declínio cognitivo e perda da memória em idosos.

A pesquisa consistiu do acompanhamento, por oito anos, de 420 adultos saudáveis, com idades de 60 a 64 anos e com cognição e memória preservadas. Os participantes tiveram medidos no início do estudo, no 4° e no 8° ano de seguimento, o seu índice de massa corporal (IMC) - que é um marcador do estado adiposo do indivíduo. É considerado normal o índice IMC até 25 kg/m², de 25 a 30 kg/m² é considerado como sobrepeso e acima de 30 kg/m² é considerado como obesidade. Junto com a avaliação do IMC foi realizado também um exame de imagem cerebral onde foi medido o volume do hipocampo.

Os resultados revelaram que os participantes com maior IMC apresentaram hipocampos menores. Adicionalmente, maior atrofia foi observada nos indivíduos que já tinham IMC mais elevado no início do estudo. Cada dois pontos de aumento do IMC correspondeu a uma redução de 7,2% no volume do hipocampo esquerdo. Este efeito tem maior dimensão em pessoas idosas, pois estas já são predispostas a uma atrofia cerebral natural resultante do envelhecimento.

Estes achados sugerem que a obesidade e o sobrepeso participam de forma decisiva nas mudanças de estruturas cerebrais associadas ao declínio cognitivo e à demência. Mesmo que nesta pesquisa não tenham sido avaliadas as funções cognitivas, outros estudos neste campo de pesquisa têm mostrado que uma maior atrofia no hipocampo é ligada a um maior risco de declínio cognitivo e demência.

Um mecanismo especulado para explicar este efeito da obesidade e sobrepeso sobre o hipocampo é a inflamação crônica provocada pelo aumento do tecido adiposo.

A manutenção de um peso ideal seria uma forma de ajudar a prevenir, pelo menos em parte, as alterações de memória e cognição no idoso.

Autor: Equipe ABC da Saúde

Referência Bibliográfica

  • -Society for Neuroscience 2014 Annual Meeting. Abstract 19.04. November 15, 2014

RECOMENDADO PARA VOCÊ

DEMÊNCIA
RECEITA PARA REDUZIR O RISCO DE DEMÊNCIA
OBESIDADE
FUNÇÃO SEXUAL EM HOMENS OBESOS
TRANSTORNOS MENTAIS EM IDOSOS
PERDA DE MEMÓRIA COM A IDADE
TRANSTORNO DO COMER COMPULSIVO

Publicado em : 25/11/2014 14:37





Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement







Publicidade/Advertisement

Dieta do Medirrâneo / Dieta Mediterrânea
Publicidade/Advertisement


Notícias


FUNDACRED - Crédito Educativo


Destaques