ORTODONTIA LINGUAL: O FIM DO SORRISO METÁLICO?

Há mais de 30 anos dois ortodontistas, um japonês e um norte-americano propuseram, simultaneamente, a instalação dos aparelhos fixos pela face lingual (face de trás) dos dentes. Com finalidades bem distintas, Kinja Fujita, no Japão, pretendia proteger seus pacientes de golpes marciais levados nos lábios e Craven Kurz, com consultório em Hollywood, visava a esconder o “sorriso metálico” dos artistas que necessitavam melhorar a estética dental. Com recursos escassos e com pretensões nada modestas a Ortodontia Lingual, também chamada de “aparelho invisível”, tem seu início.

Uma euforia precipitada tomou conta dos profissionais da época, levando-os a praticar a técnica, impulsionados pela idéia de tornar o tratamento ortodôntico invisível. Entretanto, devido à falta de conhecimentos específicos, a Ortodontia Lingual foi deixada de lado durante mais de duas décadas. Algumas grandes empresas continuaram investindo em pesquisas para tornar viável um sistema de tratamento ortodôntico eficiente, confortável e totalmente estético para o paciente.

Avanços significativos foram surgindo ao longo dos anos, principalmente na década de 90, onde resultados de tratamentos ortodônticos com aparelhos linguais despontavam na Europa, Ásia e EUA. Os braquetes (peças coladas aos dentes dos aparelhos fixos) apresentaram sucessivas modificações. As novas ligas de fios e braquetes autoligantes e facilitaram o trabalho e tornaram a técnica lingual uma solução de possível utilização em qualquer caso tratado pela ortodontia tradicional (Fig.1). As vantagens desse tratamento, nos dias de hoje, residem no fato de exigir uma fase laboratorial mais simples para o ortodontista, sendo um tratamento de rápida resposta e de adaptação relativamente tranquila para o paciente.

Fig.1 - Aparelho lingual superior com braquetes autoligantes, uma nova geração de aparelhos mais confortáveis e rápidos que as gerações antigas.

DISCUSSÃO E CONCLUSÕES

O comprometimento estético durante a ortodontia convencional é algo notório, visto que grande parte da população adulta procura melhorar a estética do sorriso e, até pouco tempo atrás, era obrigado a portar aparelhos antiestéticos durante o tratamento. A Técnica Lingual supre a exigência desse público através de um tratamento estético, discreto e praticamente invisível.

O ortodontista enfrenta obstáculos inerentes à técnica lingual como a colagem indireta de braquetes e a dificuldade de acesso, mas isso são problemas sanados com os recursos existentes nos dias de hoje. A Ortodontia Lingual é uma forma de terapia segura para qualquer caso, desde os mais simples e também para aqueles mais complexos, os quais exigem controle absolutamente preciso do movimento dos dentes (Fig. 2 a 4).

Fig.2 - Tratamento Lingual simplificado, vista superior inicial e com o aparelho lingual (30 dias de tratamento).

Fig.3 - Tratamento Lingual simplificado, vista inferior inicial e com o aparelho lingual (90 dias de tratamento).

Fig.4 - Aparelho lingual na paciente, ao sorrir: praticamente invisível.



Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Informações Sobre Ortodontia  O que é Ortodontia? Ortodontia é um ramo da odontologia que especializa-se no diagnóstico, prevenção e tratamento das irregularidades dentais e facias.

Ortodontia Invisível  Várias opções de aparelhos foram desenvolvidas, no sentido de tornar o tratamento ortodôntico menos doloroso e muito mais estético

Fonoaudiologia e Ortodontia  Alterações dentárias e ósseas podem interferir nas funções de mastigar, deglutir, falar e respirar. Assim como estas mesmas funções, quando não estão sendo realizadas de maneira adequada, podem causar ou contribuir para o surgimento de alterações dentárias.

Ortodontia e Cirurgia  Os tratamentos das anormalidades dentais, maloclusões e dentes tortos são usualmente corrigidos pelo ortodontista. Anormalidades de crescimento são normalmente corrigidas pelo cirurgião buco-maxilo-facial.

Dentes Tortos, Correção Com e Sem Extrações  Em alguns casos, para que se consigam os melhores resultados, tanto estéticos quanto funcionais, é necessário extrair dentes. Não é certo generalizar, tanto para o lado das extrações quanto para não extrações. Cada caso é um caso e isto é sempre avaliado com extremo critério pelo especialista em ortodontia.

Correção de Dentes Tortos  Você sente que está necessitando de tratamento ortodôntico? Esta é uma situação que deve ser muito bem definida. O que você pretende de um tratamento ortodôntico pode ser diferente do que o ortodontista entende que deve tratar.

Dentes Tortos  A Ortodontia, ramo da odontologia que se dedica à correção da oclusão dentária (maneira como os dentes fecham,ocluem os de cima com os de baixo) e dos dentes tortos, alcançou tamanho desenvolvimento técnico, nos últimos anos, que permite ao especialista a realização de tratamentos eficientes com excelentes resultados, tanto estéticos quanto funcionais.

Mini Implante de Ancoragem Ortodôntica  O titânio é um material que reúne quase todas as características biológicas indispensáveis para a biossegurança aos tecidos moles e duros do complexo maxilofacial.

Novo Sistema Invisível Para Corrigir Dentes Tortos  O Sistema Invisível consiste na possibilidade de fazer um tratamento ortodôntico sem uso de bráquetes ou fios, pois este sistema proporciona a movimentação dentária a partir da troca de uma sequência de alinhadores.

Dentes na Aparência Física  Padrões de beleza variam de cultura para cultura, mas a maioria das pessoas valorizam muito mais características faciais bem equilibradas, principalmente na região da boca.


Autor

Título: Ortodontia Lingual: O Fim do Sorriso Metálico?

Link : | Data de Acesso : 03/12/2016 - Código do Conteúdo : Artigo 712 | Palavras-Chave : Ortodontia Lingual: O Fim do Sorriso Metálico? - Odontologia - aparelhos fixos , face lingual , língua , sorriso metálico , braquetes , ortodontia , rápida resposta .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial :https://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2016 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.