TUMOR DE EWING

O que é?

Descrito inicialmente por James Ewing, o tumor de Ewing é um tumor maligno primitivo de osso, relativamente raro. O tumor costuma acometer indivíduos entre 5 e 20 anos de idade com maior freqüência do sexo masculino, sendo raro nos negros. As localizações principais são a diáfise e região proximal do fêmur, tíbia, fíbula, ossos da pelve e úmero. No entanto, qualquer osso pode ser acometido.

O que se sente?

A dor e a presença do tumor visível ou palpável são os sintomas mais comuns. Outros sintomas sistêmicos como febre, cansaço e fraqueza podem estar presentes.


Publicidade/Advertisement

Como se faz o diagnóstico?

A história detalhada do paciente e o exame físico completo são importantes, bem como também são fundamentais as análises dos exames laboratoriais, de imagem e de anatomia patológica.
&nbsp

Laboratórioanemia, leucocitose e aumento do VSG
Imagem:Radiografias:As radiografias mostram uma lesão com aspecto de "roído-de-traças" ou salpicado com características permeativas. Áreas líticas ao lado de áreas blásticas são comuns. Pode haver múltiplas camadas de osso neoformado reacional subperiostal, que dão um aspecto de "casca de cebola", característica de lesão de extrema gravidade, mas não patognomônicas de Ewing. Também podem ser vistos padrões em tracejados e "raios solares"

Tomografia Computadorizada;

Ressonância Magnética Nuclear:São importantes na avaliação da extensão intramedular do tumor e na avaliação do comprometimento ósseo e pesquisa de metástases.


&nbsp
Anatomia PatológicaNa maioria dos casos a lesão não respeita os limites da cortical. O tumor pode ser sólido, semilíquido ou ter aspecto de pus. Por isso a importância no diagnóstico diferencial com osteomielites. Na histologia encontramos densos grupamentos de pequenas células uniformes com núcleos redondos, mas sem bordas citoplasmáticas distintas.

Também é importante salientar a necessidade de se fazer o diagnóstico diferencial com patologias como: Linfoma e Metástases de neuroblastoma (nos pacientes com menos de 5 anos); Osteossarcoma; Ostemiolite Eosinófilo; Reticulossarcoma.

Como se trata?

O diagnóstico precoce e o estadiamento do tumor são fundamentais para o sucesso do tratamento e prognóstico do paciente.

A abordagem da doença é multidisciplinar com a participação da ortopedia, oncologia, patologia, fisiatria e outras especialidades.

É recomendado que o planejamento e a execução da biópsia devam ser realizados pelo médico ortopedista que tenha experiência em oncologia e que vai assumir o caso, pois falhas nessa etapa podem ser desastrosas para o paciente.O tratamento do tumor de Ewing é dividido em três etapas:
&nbsp

1ª etapaQuimioterapia pré-operatória
2ª etapaCirurgia
3ª etapaQuimioterapia ou radioterapia pós-operatória.



Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Depressão  É uma doença que se caracteriza por afetar o estado de humor da pessoa, deixando-a com um predomínio anormal de tristeza. As mulheres são duas vezes mais afetadas que os homens.

Sexo e Câncer  O surgimento de algum tipo de câncer na vida de uma pessoa é muito traumático, dadas as conseqüências físicas e emocionais desse tipo de doença e as limitações da medicina nesse campo ainda muito desconhecido.

Câncer de Endométrio - Detecção Precoce  Fatores de risco mais comuns associados ao câncer de endométrio

Dor Lombar  Oitenta por cento dos seres humanos sentem dor lombar (lombalgia) em algum momento de suas vidas. Uma proporção menor tem dor cervical (pescoço) e na nuca, sendo que outros sentem dorsalgia.

Dor no Cotovelo  A dor pode aparecer somente ao se segurar um objeto, ao escrever ou ao carregar um pacote. Pode localizar-se ao redor do epicôndilo lateral e irradiar-se ao longo do antebraço. Os pacientes podem não perceber que a origem da dor é o cotovelo.












Autor

Título: Tumor de Ewing

Link : | Data de Acesso : 10/12/2016 - Código do Conteúdo : Artigo 434 | Palavras-Chave : Tumor de Ewing - Ortopedia e Traumatologia - Tumor do Osso , Neoplasia do Osso , Câncer nos Ossos , lesões patognomônicas





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial :https://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2016 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.