EQUILÍBRIO NOS IDOSOS - Tonturas - Quedas

O equilíbrio: como é mantido ?

O equilíbrio corporal é mantido por diversos orgãos e sistemas. Os principais sensores do sistema do equilíbrio estão no labirinto, olhos, músculos, ossos e articulações.

Todas essas estruturas mandam informações sobre a posição da cabeça e do corpo para o cérebro que analisa estas informações e faz ajustes para manter um equilíbrio perfeito. O cerebelo também ajuda nessa tarefa. Tudo funciona com muita harmonia, como se fosse uma orquestra.

Como surge o desequilíbrio ?

O desequilíbrio (tontura) aparece quando as informações não são mandadas corretamente para o cérebro ou quando o cérebro não consegue entendê-las como deveria. Significa que uma ou mais das estruturas responsáveis em mandar e receber informações estão alteradas ou estão em conflito. As doenças e o processo de envelhecimento muito contribuem para o desequilíbrio do idoso.


Publicidade/Advertisement

Como é a tontura ?

Pode ser uma simples sensação de desequilíbrio, impressão de queda, mudança de rumo, sensação de flutuação, vertigem. A vertigem é um tipo frequente de tontura, a pessoa sente que as coisas giram ou ela gira.

Os diferentes tipos de tontura podem ocorrer em qualquer faixa etária mas é nos idosos que elas são bem mais frequentes e preocupantes por causa das quedas. Nos ambulatórios de clínicas geriátricas a incidência de tonturas atinge 81% a 90% .

Por que os idosos caem ?

Cerca de 29% dos idosos caem ao menos uma vez por ano e 13% caem de forma recorrente. A lesão acidental é a sexta causa de mortalidade em pessoas idosas. A queda é responsável por 70% dessa mortalidade.

As doenças que acometem os idosos podem ser fatores únicos das quedas ou fatores coadjuvantes das labirintopatias.

Entre as causas que predispõem à quedas , podemos citar as seguintes:

Tipos e excesso de medicamentos:cerca de 3000 medicamentos são citados como possíveis causadores de tontura e vertigem. Os efeitos indesejáveis causados pelo excesso e pela interação medicamentosa são incontáveis. O paciente idoso costuma tomar remédios receitados por vários médicos.Além de tomarem remédios demais, as doses nem sempre estão certas.

Visão:as causas principais de visão prejudicada são glaucoma, degeneração macular , retinopatia diabética.

Ortopedia:artrite, osteoporose , sequelas de fraturas ,anquiloses.

Labiríntica:prevalença das tonturas posicionais , tonturas infecciosas, degeneração progressiva das estruturas labirínticas.

Cardiovascular:problemas circulatórios nas extremidades distais causando neuropatia periférica , baixo impulso vascular cardíaco.

Neurológico:história de acidente vascular cerebral , insuficiência vertebrobasilar, esclerose múltipla.

Endocrinológica:aumento de incidência de diabete trazendo consequências à retina e ao labirinto.

Vida sedentária:vida sedentária leva à obesidade e esta afeta a função do equilíbrio.

Há pessoas idosas que costumam sair pouco de suas casas pelo receio que possam cair. As quedas porém são mais frequentes justamente em casa e são resultantes de ‘’perigos domésticos’’ como as escadas, os pisos escorregadios, pouca luminosidade e disposição inadequada de móveis. As escadas e o trajeto quarto-banheiro, principalmente à noite, são considerados os de maior risco na moradia.Além da limitação social e física em idosos com tonturas , uma queda pode resultar em fratura. As fraturas podem levar à hospitalização muitas vezes prolongada e de custo elevado.

O "ataque de queda"

A maior causa de queda dos idosos são de natureza acidental : cair das escadas , tropeçar num tapete, escorregar num assoalho encerado , etc.

Mas um outro tipo de queda pode ocorrer nos idosos: o ‘’ ataque de queda’’ ou sincope postural . Os ataques de queda são súbitos, não acidentais ,sem nenhum sinal ou sintoma pregresso de queda. A pessoa simplesmente cai (desaba) e se dá conta que está no chão. Em geral resultam em lesões (fraturas, ferimentos,hematomas, contusões ) de maior ou menor gravidade.Os casos de ataques de queda ou sincopes posturais são atribuídos a uma hipotensão ortostática com momentâneo deficit circulatório cerebral, acompanhados de perda temporária da consciência.

Como previnir e tratar tonturas e quedas nos idosos?

Prevenção

Enquanto alguns fatores de risco para as quedas não podem ser mudados, como o envelhecimento, outros podem ser eliminados ou reduzidos através de orientações de prevenção a pacientes e familiares:

  • Estar ciente dos objetos e móveis existentes na casa e suas localizações;
  • Evitar escadas;
  • Eliminar objetos e móveis desnecessários;
  • Mover-se devagar;
  • Usar iluminação de orientação;
  • Evitar bebida alcóolica;
  • Evitar o uso de roupas folgadas e longas que possam enganchar em objetos ou móveis;
  • Eliminar tapetes que possam deslisar ou dobrar;
  • Estar atento aos animais domésticos , seus brinquedos e recipientes com água;
  • Colocar roupas ao fácil alcance, evitando bancos ou escadas;
  • Usar calçados bem adaptados aos pés. Evitar chinelos, pantufas, etc. pequenos ou folgados.

Tratamento

O tratamento inicia com uma retomada das condições orgânicas e psiquicas da pessoa idosa:

Os medicamentos precisam ser revistos quanto aos tipos, quantidades e doses. Uma avaliação da condição visual, neuro-psicológica, cardio-vascular, metabólica, endócrina, ortopédica é necessária. A atividade física (aeróbica e anaeróbica) precisa ser exercida pelo paciente idoso, seja na academia, seja com educador físico personalizado.

Os medicamentos anti-vertiginosos são usados nos casos de crises agudas de tonturas e cabe ao médico monitorar as doses e tempo de uso.

Uma vez estabelecido um diagnóstico inicia-se a fisioterapia labiríntica que é um programa de exercícios que visa aumentar a estabilidade postural.É chamado reabilitação vestibular.

O tratamento cirúrgico está indicado em casos específicos (tumores,insucesso de tratamento clínico).

Como a tontura do idoso evolui ?

O tratamento médico e as medidas preventivas de quedas trarão uma melhor qualidade de vida ao idoso, oferecendo-lhe maior segurança nas suas atividades diárias.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico ?

A tontura nos idosos é diferente ?

Por que os idosos caem ?

O tratamento para tonturas e quedas dos idosos é eficiente ?

Referências Bibliográficas

  • 1. Ganança MMG et al. Labirintopatias RBM-ORL 1999; 6 (1):3-12
  • 2. Gans RE. Dizziness, Vertigo and Falls: issues for older adults and practitioners. ENT and audiology News 2011; Vol. 20 nº 1:66-88



Publicidade/Advertisement

Publicidade/Advertisement


RECOMENDADO PARA VOCÊ

Tontura - Vertigem - Labirintite  Existe uma série enorme de testes de audição e de equilíbrio corporal (testes labirínticos). Esses exames são realizados de acordo com a necessidade de cada paciente.

Surdez  Costuma-se não perceber a importância da audição em nossas vidas a não ser quando começa a faltar a nós próprios.

Zumbido nos Ouvidos  É um som que não está ao nosso redor mas dentro de nós (dentro da via auditiva). Pode ser percebido no(s) ouvido(s) ou na cabeça e pode ter uma única ou múltiplas causas.

Tumores Cerebrais  São todas as lesões ou massas expansivas dentro do crânio que surgem devido a multiplicação desordenada de células normais ou anormais

Transtornos Mentais Em Idosos  A velhice é um período normal do ciclo vital caracterizado por algumas mudanças físicas, mentais e psicológicas.

Dor de Ouvido  Pode ser causada por doenças no próprio ouvido (causa otológica) ou por doenças e/ou distúrbios em outras estruturas orgânicas próximas ou mais distantes do ouvido (causa não otológica).

Prevenção Da Surdez  Aproximadamente,uma, em cada mil crianças, nasce com surdez profunda. Muitas outras nascem com grau menor de surdez e outras mais a adquirem após o nascimento.

O Fim da Surdez ao Nosso Alcance  Medidas preventivas contra a surdez devem contar com a participação de diversos segmentos da sociedade. Essas medidas iniciam já no período de gestação.

Sinusite  é uma doença com base inflamatória e/ou infecciosa que acomete as cavidades existentes ao redor do nariz. Estas deveriam comunicar-se com as fossas nasais sem impedimentos!

Otite Média Aguda  É uma infecção no ouvido médio causada por um germe (bactéria). É muito comum nas crianças.


Autor

Título: Equilíbrio nos Idosos - Tonturas e Quedas

Link : | Data de Acesso : 10/12/2016 - Código do Conteúdo : Artigo 808 | Palavras-Chave : Equilíbrio nos Idosos - Tonturas e Quedas - Otorrinolaringologia - labirinto , labirintopatia, desequilíbrio, tontura , vertigem, labirintite, quedas nos idosos, , artrite, osteoporose,mortalidade , trajeto quarto banheiro, fraturas, bacia, , lesões, ferimentos , hematomas , contusões , , sintomas, tratamentos, prevenção, acidentes .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial :https://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2016 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.