EFEITOS DA EJACULAÇÃO PRECOCE PARA O CASAL

A idéia de que um grande número de relações sexuais em uma só noite é o certificado de virilidade é um mito antigo. Sexo, para alguns homens, passa a ser visto mais como obrigação do que prazer, dando um sentimento negativo à sexualidade.

São pessoas que têm como base a luta e a competição, não deixando espaço para o envolvimento emocional. Tais homens, preocupados com o desfecho, perderam as pistas eróticas, estando, muitas vezes, em uma relação puramente genital, sem conseguir incluir a mulher e suas necessidades. O sexo perde toda a conotação erótica e sensual, não permitindo que os parceiros se familiarizem com sensações agradáveis de prazer e bem estar.

Dessa forma, a rotina da ejaculação precoce desestabiliza o casal comprometendo o prazer sexual. Ao sacrificar o bem estar e a alegria da relação e do sexo, a parceria se transforma em fonte de desconforto e inseguranças, contribuindo para uma redução drástica do desejo sexual entre os dois.

É comum que ambos evitem o contato sexual por medo do fracasso, o que piora o vínculo emocional. O receio masculino para qualquer situação de intimidade bloqueia a mulher, tornando difícil ou mesmo inexistente, as trocas afetivas.

O homem sexualmente inseguro perde oportunidades de aprender sobre suas sensações eróticas, sendo que para uma relação de qualidade é preciso desenvolver intimidade e afeto. A mulher sexualmente insatisfeita pode desenvolver disfunções em função ao quadro do parceiro.

As interrupções constantes, na tentativa de bloquear o processo ejaculatório, impedem o encadeamento da excitação feminina, que raramente atinge o orgasmo pela penetração. A insegurança na cama pode fazer com que o casal procure por outros focos de prazer ou fuga, havendo uma dedicação cada vez menor ao relacionamento.

Por conta disso, passam a pensar, por exemplo, sobre a possibilidade de uma relação extraconjugal como uma saída compensatória. Elas precisam sentir-se desejadas por outros homens, sentir-se vivas sexualmente. Os homens, também, podem usar tal subterfúgio, pois têm curiosidade de saber se conseguiriam ter um maior controle ejaculatório com outra pessoa, comparando o seu desempenho.

Em outros casais, como forma de compensação, não é raro homens com ejaculação precoce que tentam agradar a parceira para evitar qualquer sinal de rejeição, aumentando o clima de ansiedade. Por outras vezes, como uma forma de defesa, o homem tem como reação culpabilizar a mulher, afirmando que o tempo ideal é o que está tentando imprimir na relação. Normalmente, é pouco provável que a parceira seja a causa da disfunção, ainda que a ejaculação precoce possa ser resultante de problemas relacionais.

Estatisticamente, a parceira do homem com ejaculação precoce é mais ressentida do que nos casos de disfunção erétil. A primeira se ofende pelo fato dele ter chegado ao prazer, se preocupando de uma forma totalmente egoísta, enquanto a parceira do segundo se solidariza. Algumas mulheres têm na falta do controle ejaculatório do parceiro a desculpa para suas insatisfações e, à medida que se sente decepcionada na relação sexual, cresce o desinteresse e a desvalorização do parceiro.

Ligados ao piloto automático de funcionamento, esses homens não sabem que sexo se aprende e que é preciso fazer contato com o mundo real para que haja uma conexão equilibrada entre o aumento da excitação e a satisfação sexual.

É preciso transformar o ato sexual, não no objetivo do encontro, mas na consequência do envolvimento sensual e amoroso, ou seja, ao se tratar de sexo que ambos possam aproveitar o momento com calma e entrega, liberando-se da crença de que é preciso demonstrar prontidão e eficiência. Assim, não se trata de deixar de ejacular rápido, mas de deixar de ser apressado.

A importância da parceira na comunicação com o paciente, na motivação e na colaboração durante o tratamento é inegável. Além disso, para a mulher, depois da trajetória de desprazer em função da ejaculação precoce, surgem novas questões sobre o seu modo de estimular a sexualidade do casal devido as restrições impostas pelo relacionamento.

A sexualidade é um somatório de afeto, emoção, prazer e comunicação, e esse casal precisa reaprender as sensações sexuais, desenvolvendo todo o seu potencial erótico. E uma das formas é trazer de volta a confiança e o equilíbrio necessários para o aparecimento de um projeto a dois.




Publicidade/Advertisement

RECOMENDADO PARA VOCÊ

Ejaculação Precoce  É um dos problemas sexuais mais freqüentes nos homens e nos casais, sendo responsável por 40% das queixas encontradas em consultório de terapeutas sexuais.

Terapia Sexual  Algumas disfunções têm razões simples e próximas ao dia-a-dia, ao estresse ou à ansiedade.

Pênis  Órgão sexual masculino que atua na reprodução e na excreção. Com as transformações hormonais iniciadas na puberdade, a maturação peniana se completa por volta dos 18 anos.

Tamanho do Pênis  A preocupação com o tamanho do pênis é comum entre os homens. Essa ansiedade pode ocorrer na infância, na adolescência ou na fase adulta

Impotência - Disfunção Erétil  A eventual ocorrência de perda de ereção não é considerada impotência.

Disfunções Sexuais Masculinas  As Disfunções Sexuais Masculinas podem afetar o desejo sexual e/ou alterar as respostas psicológicas e fisiológicas do corpo frente aos estímulos sexuais,

Disfunção Erétil  Disfunção sexual masculina vulgarmente chamada de impotência afeta milhões de homens no mundo inteiro em diversas idades

Ciclo Sexual Masculino  No homem, a primeira resposta à estimulação sexual é a ereção peniana como resultado aos estímulos.

Fases do Ciclo Masculino da Resposta Sexual  Após o orgasmo, o homem tem o que se chama de Período Refratário. É um tempo de relaxamento necessário para que ele possa reiniciar novamente atividade sexual.

Ereção  A ereção se dá a partir de estímulos eróticos (visão, toque, cheiro e pensamentos) que capazes de produzir sinais de excitação, chegam ao cérebro pelos órgãos dos sentidos


Autor

Título: Efeitos da Ejaculação Precoce para o Casal

Link : | Data de Acesso : 06/12/2016 - Código do Conteúdo : Artigo 791 | Palavras-Chave : Efeitos da Ejaculação Precoce para o Casal - Sexologia - Virilidade, prazer , envolvimento emocional , ansiedade , relação sexual , pênis , penetração , excitação , satisfação sexual. , potencial erótico .





Aviso Legal

Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet, sem autorização mesmo que citada a fonte - (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98). Permitido o uso para trabalhos escolares, sem autorização prévia, desde que não sejam republicados na internet. Os anúncios publicitários são de responsabilidade exclusiva de seus respectivos anunciantes, não constituindo qualquer forma de indicação ou de interferência no conteúdo editorial. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas através do site ABC DA SAUDE, o qual tem por objetivo a informação, divulgação e educação acerca de temas médicos, e cujos artigos expressam tão somente o ponto de vista dos seus respectivos autores. Tais informações não deverão, de forma alguma, ser utilizadas como substituto para o diagnóstico médico ou tratamento de qualquer doença sem antes consultar um médico.
Política Editorial :https://www.abcdasaude.com.br/sobre
© Copyright 2001-2016 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda. - Proibida a reprodução sem autorização - Todos os direitos reservados.